AF12FBDE-15AF-40F1-B361-3FC2F8486723.jpg
 

Olá, meu nome é Luciano Nascimento.

Professor Esp. em Saúde e Longevidade

Desde que posso me lembrar, sempre sonhei em ter a capacidade de ajudar as pessoas a mudarem qualquer coisa em suas vidas. Por instinto, ainda bem jovem, compreendi que para ser capaz de ajudar os outros a mudarem, tinha de ser capaz também de mudar. Mesmo no início do segundo grau comecei a procurar o conhecimento, através de livros e artigos, que achava que poderiam me ensinar os elementos fundamentais de como mudar o comportamento e emoção humanas.
Claro que eu queria melhorar certos aspectos da minha vida: sentir-me motivado, dar sequência as coisas e agir, aprender a desfrutar a vida e aprender a me relacionar com as pessoas. Não sei direito o motivo, mas de alguma forma vinculava prazer a aprender e partilhar coisas que pudessem fazer uma diferença na qualidade de vida das pessoas. Em decorrência, na faculdade eu já era conhecido como o “Homem da Solução”. Se alguém tinha um problema, eu era a pessoa a quem devia procurar, e me orgulhava dessa identidade.

Quanto mais aprendia, mais me tornava viciado em aprender. Compreender como influenciar a emoção e o comportamento humano tornou-se uma obsessão para mim. Fiz um curso de leitura dinâmica, e desenvolvi um apetite voraz por artigos. Li quase setecentos artigos em poucos anos, quase todos nas áreas de desenvolvimento humano, psicologia, influência e fisiologia humana. Queria saber qualquer coisa e tudo sobre como podemos aumentar a qualidade de nossas vidas, e tentei aplicar a mim mesmo, além de partilhar com outras pessoas. Mas não parei de ler. Tornei-me um fanático por artigos, e, ainda na faculdade, economizava meu dinheiro para participar de diferentes tipos de seminários de desenvolvimento pessoal. Como se pode imaginar, não demorei a sentir que ouvia apenas as mesmas mensagens, reformuladas muitas vezes. Parecia não haver nenhuma novidade, e comecei a ficar cansado.
Pouco depois de completar 27 anos, no entanto, tomei conhecimento que podia promover mudanças nas vidas das pessoas com rapidez: com conhecimento na área de tecnologia e saúde. Quando percebi que esses conhecimentos podiam de fato ajudar as pessoas a criarem em minutos mudanças que antes levavam meses, anos ou até décadas, tornei-me um evangelista de sua difusão. Decidi empenhar todos os meus recursos para dominar esses conhecimentos. E não parei por aí: assim que aprendia alguma coisa, tratava imediatamente de aplicá-la.
Nunca esquecerei minha primeira semana de treinamento, era mudança de Mindset.

Aprendemos coisas como: a importância dos seus pensamentos nos processos de emagrecimento e de mudar os seus objetivos, pensar positivo, ver o exercício como uma atividade divertida, imaginar-se magro, criar um plano de ação detalhado, manter o controle e etc.

Eu não estava disposto a esperar. Iniciei minha carreira, em todo o Brasil, fiz treinamentos nos Estados Unidos também. Falava as pessoas sobre essas tecnologias para criar mudanças e garantia que, se quiséssemos mudar nossas vidas, quer se tratasse de um hábito enfraquecedor ou de um medo que nos controlava há anos, esse comportamento ou padrão emocional podia ser mudado numa questão de dias, mesmo para quem vinha tentando a transformação há anos.
Era um conceito radical? Pode apostar que sim! Mas eu argumento com veemência que todas as mudanças são criadas num momento.

Acontece apenas que a maioria das pessoas espera até ter a certeza de que as coisas vão acontecer, antes de decidir efetuar uma mudança. Se realmente compreendêssemos como o cérebro funciona, eu insistia, poderíamos suspender o processo interminável de analisar, por que coisas nos aconteceram, e se pudéssemos apenas mudar aquilo a que vinculamos dor ou prazer, conseguiríamos com a maior facilidade mudar o sistema nervoso condicionado, e assumir o comando de nossas vidas no mesmo instante. Como podem imaginar, um garoto, sem o diploma ainda, fazendo essas controvertidas declarações pelo o Brasil todo.
Assim, aprendi a basear minha carreira em mudar as pessoas em dois princípios: tecnologia e saúde. Sabia que contava com uma tecnologia superior, uma maneira superior de criar mudanças, com base em marketing e comportamento humano. E acreditava que se lançasse um desafio suficiente a mim mesmo e as pessoas com quem trabalhava, poderia encontrar um meio de mudar qualquer coisa.

Afinal, baseara minha carreira na disposição absoluta de me empenhar a fundo, no compromisso total de desafiar a mim mesmo e aos outros, na dedicação a tentar qualquer coisa para criar mudanças permanentes e eficazes com a velocidade.

Como resultado dessa nova perspectiva, decidi mudar a metáfora para o que faço. Parei de usar a palavra “Personal Treiner”, porque a considero inacurada.

Assim que efetuamos uma mudança, devemos reforçá-la no mesmo instante. Depois, temos de condicionar nosso sistema nervoso para ter êxito não apenas uma vez, mas sistematicamente.

Você não iria a uma aula de Musculação só uma vez e diria: “Agora tenho um corpo sensacional, e serei saudável pelo resto da vida.”
O mesmo acontece com suas emoções e comportamento. Temos que nos condicionar para o sucesso, o amor e a superação de nossos medos. E através desse condicionamento, podemos desenvolver padrões que automaticamente nos levam ao sucesso sistemático e vitalício.

Precisamos lembrar que a dor e o prazer moldam todos os nossos comportamentos, e podem mudá-los também. O condicionamento exige a compreensão de como usar a dor e o prazer. O que você vai aprender comigo é a ciência que vai criar qualquer mudança que você quiser em sua vida. Chamo-a de Ciência do Condicionamento Neuro-Associativo,TM, ou NAC (pelo inglês, “Neuro-Associative Conditioning”).
O que é isso Prof.? NAC é um processo gradativo que pode condicionar seu sistema nervoso a associar prazer às coisas que você está sempre querendo alcançar, e associar dor às coisas que precisa evitar, afim de ter um sucesso sistemático na vida, sem um constante esforço e força de vontade. Lembre-se de que são os sentimentos que fomos condicionados a associar no sistema nervoso — nossas neuroassociações — que determinam nossas emoções e comportamento.
Quando assumimos o controle das neuroassociações, assumimos o controle de nossa vida. Minhas aulas ensinarão como condicionar suas neuroassociações, a fim de ter força para agir e produzir os resultados com que sempre sonhou. Visa lhe proporcionar as condições de criar uma mudança sistemática e vitalícia.